Coluna Aparte – Insanidade Juvenil

Nada mais assustador para uma nação contar com um presidente instável e aficionado pelo poder, deixando a população sem estabilidade e credibilidade no futuro. Sem necessidade tentar uma ressonância psiquiátrica da figura em pauta diária, basta entender o modelo pessoal e programado de criar todas as atenções ao seu ser.

Gravíssimo constatar que todos os ajudantes a sua volta sofrem dos mesmos processos de desleixo com as famílias brasileiras. Soberano somente saber manter o silêncio na opinião do chefe mito salvando o cargo. Pura malandragem!

Confundir os pais quanto a providência da imunização dos seus filhos com a vacina da Covid deveria levar a prisão em flagrante. Todos sabem da incapacidade administrativa do ministro da Saúde, poucos acreditavam no rasgar de diploma de médico por um mandato de senador no seu estado.

Vivemos a rebeldia civil, os governadores anunciam manter a vacinação dos jovens na faixa dos 12 aos 17 anos com a Anvisa afirmando que a garotada deve levar a agulhada. Pelo comportamento de todos os poderes vamos assistir a desobediência institucional ampliando a deformação da democracia. Talvez seja a única fórmula de salvar as próximas vítimas!

Nem mais, nem menos. Precisamos saber a quem recorrer, estamos sozinhos!

  • Coluna Aparte publicada nas segundas-feiras, na página Política, no jornal O Imparcial.
  • Charge do Nuna.

4 pensou em “Coluna Aparte – Insanidade Juvenil

  1. Vivemos um período de insegurança social por toda parte. Na vida precisamos de referências, parâmetros, … o que fazer ? O que não fazer? És a questão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.