Sermão das Moscas!!!

Padre Antônio Vieira deve ter esquecido de escrever o “Sermão das Moscas” que caberia perfeitamente no atual quadro político do Brasil. Somente mudou as moscas no fubá do povo, sai o PT acostumado a roubar prefeituras de interior querendo aplicar o estilo de dilapidar do PMDB.

Os ditos movimentos de ruas, sem vínculo partidário, cumpriram sua finalidade para saciar o desejo sazonal da população de encontrar um culpado pela incompetente forma de cessar o roubo do dinheiro público. Todos os chamados “Coxinas” sumiram após servirem aos interesses do quadro tradicional da política brasileira.

Neste momento, curiosamente, a Globo e a imprensa mundial começam a criticar bestialmente o governo do Temer pelo fato de não haver mulheres no ministério. Talvez a imprensa queira rapidamente criar uma versão de não foi nós não senhor que derrubou a mulher da presidência. Afirmaram em editoriais e reportagens que não existe crime identificado, deixando claro que os tomadores de poder tem crimes qualificados.

A apatia no Brasil deve estar coligada a uma ressaca cívica, seguida do tenho mais que fazer do que preocupar com política. Em algum período, todas as moscas do governo Temer esfregaram as perninhas contaminando o poder nacional, nada relevante com essa justiça pífia de ministros indicados e que sabem voar com suas capas pretas para outros bolos de fubá.

Verdade que o discurso de defesa da constituição não teve efeito diante da carga de denúncias. Novas versões de líderes começam a surgir, uns que tem a neura de serem presidentes, outros que cismaram de que existe espaços neste vácuo da indignação eleitoral.

Agora, o patrulhamento do poder ofende automaticamente o que a imprensa de análise observa. Uns taxam disso, outros de terem lado, alguns afirmam que os textos são indecifráveis, que precisam ser mais entendível.  Assim vai!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.