Convenção 360 graus

Bastava um olhar em 360 graus para entender que o poder político mudou de mãos no Maranhão. Obrigação partidária transformada numa festa popular que levou o mundo político abraçados a uma massa incalculável de correligionários vindos de todas as regiões. Sem esquecer os surpresos curiosos.

Existiram convenções em todas eleições, sempre para cumprir o papel legal junto à justiça eleitoral, aproveitando o espaço como promocional aos pré-candidatos. Questão que a convenção dos quinze partidos de apoio ao grupo Dino passou de todas as prováveis, imagináveis e lógicas possibilidades do que era possível neste tipo de evento.

Somente Flávio Dino (PCdoB) comandou o espetáculo, microfone e roteiro de palco teve sua permanente voz apresentando a definida chapa majoritária e proporcional. Nenhum pré-candidato reclamou do espaço, parece que todos sentiram o gosto de ser celebridade.

Inteligente convidar pessoas atendidas pelos projetos no atual governo, estabelecendo reconhecimento por meio de testemunhos. Arrojados e emocionados os discursos dos pré-candidatos Carlos Brandão (PRB), Weverton Rocha (PDT) e Eliziane Gama (PPS) mostrando a certeza na busca pelos votos.

No mais, muitos gritos de guerra, bandeiras, charangas, suor, engarrafamento quilométrico e uma marca histórica que deve demorar para outro político superar. Seria mais lúcido dizer outro líder?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.