Fernando Ramos, cassado?

Causou um grande susto no mundo acadêmico a cassação do ex-reitor da UFMA, Fernando Ramos (foto), pelo fato de ter favorecido o seu motorista com dois salários, em duas fundações que servem a universidade.

A decisão do ministério da Educação muda radicalmente a medida para irregularidades em atos administrativos, antigamente nem os administradores que cometeram grandes desvios foram penalizados com a perda da função, imagina da aposentadoria. Na decisão a secretaria do Ramos, Maria Goretti Leite perdeu o emprego.

O sempre polêmico professor Barroqueiro, mesmo condenado, escapou na prescrição retroativa.

  • Coluna Aparte, publicada as segundas-feiras, na página Opinião, no jornal O Imparcial.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.