Sarney, tratando dos inimigos

Nesta próxima eleição, diferente de outras, todo e qualquer deboche será perdoado entre os candidatos concorrentes. Ele, sim, o Sarney, voltou a mostrar sua verdadeira face de politico provinciano. Não que alguma vez deixou o sacarmos como praxe familiar.

Seu último riscado misturando os sabores do sorvete mesclado entre a Operação Pregadores e o ódio que nutre por todos os inimigos, ele não tem na mente a palavra adversários para os que ousam desafiar seus desejos, deixou bem claro como vai tratar o pré-candidato Flávio Dino.

Não que seus artigos semanais sejam grande coisa, mas sempre veio carimbado com pomposa ideia de um literato que foi benevolente com o povo do Maranhão. Melhor, com os brasileiros. Afinal, Tancredo morreu e deixou esta pegadinha de Sarney como presidente.

Fica fácil com as investigações da Lava-Jato de chamar o Sarney de malandro. Será possível acreditar na formação de quadrilha com as figuras que fazem parte da sua turma. Mas isto fica saboroso na boca do Dino. Bom, se ele entrar nesta onda de língua solta.

Verdade que a Polícia Federal precisa provar tudo que alegou para executar a última operação na saúde pública do Maranhão. Impossível não acreditar que o governo estadual vai extirpar estas empresas terceirizadas.

Depende dos dois lados. Todos esperam.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.