Dino, choque térmico

Para os de boa leitura operacional e política fica claro que o governador Flávio Dino vai fazer mais mudanças na estrutura do executivo estadual.

Para os desavisados, sem muito o que apresentar de resultado, importante ativar o alerta da exigência dos cargos no primeiro escalão. O gestor maior vai cobrar a conta.

Indiferente a eleição de 2018, o staf do governador monitora o retorno nas ações das secretarias. Enquanto umas mostram volume de trabalho, outras precisam de um choque térmico para pegar velocidade.

Nada mais normal.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.