Braide + Weverton = transferência de votos?

Ponto para Weverton Rocha (PDT) com a notória adesão do prefeito Eduardo Braide (continua sem partido?). Fácil afirmar que não causou nenhuma emoção no campo de guerra eleitoral, muito menos na imprensa. Por enquanto, não houve pompas, nem foguetes, mesmo no período junino, bastou uma corriqueira entrevista. E pronto!

Talvez as emoções, com abraços suados, fiquem para a anunciada convenção, no Estádio Nhozinho Santos, em julho. Sem esquecer que a prefeitura tem a obrigação de explicar como será o empréstimo do local público para o encontro, principalmente a proteção do caro gramado. De qualquer forma foi uma tirada de mestre o espaço escolhido, basta encher as arquibancadas!

Grupo de Weverton Rocha pode contabilizar a imagem do prefeito da capital na campanha como uma recompensa devolvida depois do apoio na eleição de 2020, resta entender a dimensão na transferência dos votos. Nenhuma soma, para mais, estava na planilha do grupo Dino contando com este apoio político, existem ruídos de cunho pessoal entre Flávio e Eduardo por causa do Duarte Jr. (PSB). Brandão somente estava na maré.

Fato que Eduardo não aceita ser menor que Weverton e Flávio, todos querem ser ao menos um Sarney. Coisa difícil de acontecer!

  • Charge do genial Nuna. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.