Rodrigo, fartura no campo

Receptividade positiva para a nomeação de Rodrigo Lago (PCdoB) pelos movimentos sociais atuantes na agricultura familiar no Maranhão. Experiente na arte de escutar, soube dar a senha no discurso de posse afirmando que “se o estado não induz, o campo não produz,” permitindo uma relação inteligente de parceria com a cobrança na renda das famílias que trabalham no campo.

Capacitado e consolidado no executivo estadual depois de atuar como secretário de Transparência e Controle, Casa Civil, Comunicação Social e Articulação Política e presidente da Gasmar, somada a estrita confiança do governador Flávio Dino (PCdoB).

Contando com a presença de dois adjuntos indicados pelo segmento e do ex-vereador e ex-secretário de Agricultura de São Luís, Ivaldo Rodrigues (ainda no PDT). Possibilita o amplo entendimento para a construção do plano de gestão no desenvolvimento social e financeiro na área rural.

Tempo para arar e aguardar germinar.

  • Charge do Nuna com Zé Maranha.

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.