APARTEANDO

Longos tentáculos asfixiadores na composição da mesa diretora da Famem e da Assembleia Legislativa do Maranhão mostra o poder do senador eleito com quase dois milhões de votos, Weverton Rocha (PDT).

Precisa colocação do deputado Rubens Jr. (PCdoB) que no segundo turno não se vota, se veta. Lembra de Bolsonaro prometer não somente vetar os comunistas, mas exterminar.

Veículos de comunicação instruindo os jornalistas a não trocarem mensagens picantes e imagens pecaminosas pelo Whats. Vai começar a vingança barata do mito por meio da Abin.

Mantidos no páreo os meninos Eduardo Braide (PMN), Felipe Camarão (DEM), Duarte Jr. (PCdoB), Ivaldo Rodrigues (PDT) e Pedro Lucas (PTB) na esperança de alcançar a prefeitura de São Luís. Astro de Ogum (PR) somente esperando para ensinar como chegar.

Enquanto estrebucham, o prefeito Edivaldo Holanda (PDT) muda a definitivamente a cara do centro de São Luís e concorre, pela segunda vez, ao Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor 2018. No currículo, a deliciosa Feirinha São Luís e os necessários Ecopontos.

Estranho ver um final de governo continuar no mesmo ritmo, mesmo com Flávio Dino (PCdoB) reeleito. Nem mesmo existem especulações de secretários caindo ano que vem. Isso que é acórdão político partidário bem amarrado com fio de cera.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.