Dino, bem que tentou

Militante Flávio Dino (PCdoB) entendeu que Jair Bolsonaro (PSL) venceu Fernando Haddad (PT). Lutou, bateu e partiu para cima com fome eleitoral de quem sabe o tamanho do problema para conseguir administrar o Maranhão com a explícita perseguição do Palácio do Planalto a partir de janeiro de 2019.

Governador Flávio Dino (PCdoB) vai precisar entender que as famílias Sarney, Lobão, Murad, Jorge, Braide e Rocha continuam ativas, esperando a determinação do Bolsonaro para infernizarem, ocupando cada minuto e espaço da briga provinciana pelo poder no Maranhão, sem deixar fôlego para a família Dino aspirar o sonho presidencial em 2022.

Agora, o resto fica com o eleitor, ou seja, o dono do destino do Brasil até o Bolsonaro tomar posse para a compreensão do quanto o Mito é maluco.

  • Charge do Nuna com o personagem Zé Maranha.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.