Edivaldo, assinando história

Competente parceria entre a prefeitura de São Luís e o Iphan começa a riscar um novo cenário urbanístico no centro da capital. Iniciando na Praça Pedro II, passando pela Rua Grande, chegando a Praça Deodoro, desenhando a valorização de um amplo espaço histórico sem perder as características da cidade considerada patrimônio da humanidade. Mais obras estão sendo trabalhadas neste projeto.

Numa ampla visão de gestão, situando a cidade no presente com a concepção de um aumento populacional no futuro próximo, determinou ao prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda (PDT), a obrigação de ultrapassar o básico nas necessárias obras estruturantes de habitação, saneamento, transporte, trânsito e de iluminação nas vias públicas.

Fica impossível medir as ações em relação a outros prefeitos tamanha a sua dimensão. Muitas vezes criticado pela oposição, Edivaldo Holanda responde entregando obras assinadas com o governo federal e, principalmente, recebendo apoio integral do governador Flávio Dino (PCdoB). Importante o registro dos salários do funcionalismo pago em dia. Fato pouco noticiado na maioria das capitais no Brasil.

Comemorando seus 406 anos, São Luís recebeu de presente do prefeito Edivaldo Holanda junto da presidente nacional da Iphan, Kátia Bogéa, e do superintendente do Iphan no Maranhão, Maurício Itapary, a revitalização da Praça Dom Pedro II com um belo chafariz iluminado, resgatando as lembranças de gerações.

Como tudo termina em festa, a prefeitura de São Luís organizou um mega show na Praça Maria Aragão, prestigiando a nata dos artistas maranhenses com as vozes de Carlinhos Veloz, Mano Borges, César Teixeira, Fernando Carvalho, Tutuca e Trio 1 2 3. Para completar o presente aos ludovicense trouxeram o inominável Alceu Valência para fazer a multidão presente cantar com emoção e alegria.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.