Ecopontos, vicio inteligente

Diariamente a população cobra por mais asfalto, por mais limpeza pública e por mais qualidade de vida nos bairros.

Concretamente, um dos projetos mais arrojados do prefeito Edivaldo Holanda (PDT) está na ampliação dos Ecopontos, que, hoje, inaugurou sua décima unidade no bairro do Anil.

Equipamento de estrutura fixa com simples relação de praticidade, encravados dentro das comunidades. Permite uma limpeza como depósito para reciclagem do lixo, objetos e entulhos do menor ao maior porte descartados das residências, evitando a sujeira e, principalmente, o entupimento dos esgotos.

Mais dez Ecopontos serão inaugurados, em 2018, nos planos da prefeitura de São Luís, desenhando um mapa eficiente de renda para as cooperativas que exploram este serviço.

Evidente, que somente com a consciência e vigilância dos moradores este mecanismo de higiene pode resolver um dos maiores problemas das grandes cidades.

Atos simples como colocar o lixo para recolhimento nos dias certos e encaminhar os objetos e entulhos para os Ecopontos devem mudar o cenário de poluição e doenças nos bairros.

Problema que o povo ainda não criou o costume, que pode poderia ser até um vicio.

  • Imagem Felipe Klamt. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.