Roseana, deselegância

Nenhuma surpresa nos acontecimentos durante a chamada “Caravana da Guerreira” comandada pela Roseana Sarney (MDB). Falta público, lideranças políticas e, principalmente, compostura da pré-candidata do grupo Sarney.

Sem medida a deselegância no ataque pessoal contra Flávio Dino (PCdoB) na referência ao quesito da atual estética física do adversário político com palavras tipo “bucho grande.”

Improvável o mesmo comportamento do governador contra a ex-governadora, ambos de boa criação e experientes políticos, mas ávidos pelo poder.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.