Nelma, todos contra

Segue a operação de desconstrução do projeto do grupo Sarney de apropriação da presidência do TJ. Bastou o ex-senador José Sarney anunciar, numa suposta reunião, o apoio integral à desembargadora Nelma Sarney para iniciar as denúncias.

Existe membros do MPE, PGJ, TJ, executivo e legislativo estadual, entre muitos operadores interessados em barrar as pretensões da desembargadora de chegar ao comando do judiciário maranhense.

Interessante a insistência de figuras do grupo Sarney em prestar informações solidárias a imprensa, sempre com um tom de vingança pessoal.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.