Só se for de Fábio?

A ânsia de encontrar uma plataforma para viabilizar sua pré-candidatura a prefeito de São Luís e a certeza que os cardeais estão negociando a vinda do PMDB para o governo de Edivaldo Holanda tem promovido uma mudança de comportamento no vereador Fábio Câmara, chegando a deixar de lado a elegância no debate público, uma das suas principais características.

Com “o que pode ser chamado de verdadeira piada sem graça” o legislador Câmara confundiu as funções do diretor do PROCON, Duarte Jr., quando da obrigação de fiscalizar os ônibus da capital diante dos anos de uso e condições de trafegabilidade.

O lançamento do edital das novas linhas de ônibus em São Luís deixou o vereador sem o seu principal discurso contra o prefeito. A operação de fiscalização conjunta entre a prefeitura e o governo do estado permite a qualidade para o consumidor e antecipa os processos de restruturação da frota de ônibus. Mesmo que esses empresários não vençam a licitação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.